02 fevereiro 2018

GIR é acionado para conter motim no CDP de Itapecerica da Serra


Segundo informações, presos dos raios habitacionais 4 e 6 do CDP de Itapecerica da Serra se recusaram a entrar para tranca e colocaram fogo em colchões fazendo barricadas para impedir a entrada dos agentes. A unidade é automatizada. Não há reféns.  O GIR - Grupo de Intervenção Rápida - foi acionado para conter o motim e realizar a tranca dos presos junto ao corpo funcional da unidade, restabelecendo a ordem na unidade prisional.




5 comentários:

  1. Situação controlada, mas o clima é tenso.

    ResponderExcluir
  2. Os presos incendiaram a "viúva" dos raios 6 e 4, tentando impedir a entrada do GIR, e tentaram fugir pelo telhado para "ganhar" a cadeia, os agentes da unidade combateram o incêndio com as uso dos hidrantes e mangueiras e o GIR acessou o raio e realizou a tranca.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  4. É graças a Deus que o diretoria foi firmeza, não foi igual a ultima rebelião que teve um diretor que abraçou um computador e saiu correndo e deixou três guarda na ponta do espeto.

    ResponderExcluir

Os comentários postados pelos leitores deste blog correspondem a opinião e são responsabilidade dos respectivos comentaristas.